COMPARTILHE
essa página
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramMessenger

Dívida nos EUA. O que podemos esperar sobre as novas posições do FED?

  

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

O artigo abaixo irá apresentar as notícias que podem impactar os pares de moedas. É importante lembrar que preços de entrada e saídas são feitos pela análise gráfica, trataremos sobre nas discussões abaixo.

Pontos dos eventos significativos a serem observados:

-Os mercados estão ficando mais nervosos com o teto da dívida nos EUA, podemos perceber isso no decorrer da semana;

-A taxa neutra do Fed que foi aumentado na última semana;

-A inflação canadense provavelmente permanecerá firme diante das reservas de petróleo;

-Mercados de trabalho do Reino Unido impulsionam pressões salariais, com o discurso essa semana do Bailey;

Pontos altos e baixos da semana passada:

-Relatório do núcleo de índices do preço ao consumidor para o dólar americano, representam a maior parte da inflação geral. A inflação é importante para a valorização da moeda porque o aumento dos preços leva o banco central a aumentar as taxas de juros em respeito ao seu mandato de contenção da inflação;

-Teremos também os dados sobre o preço médio de vários bens de consumo e serviços no dólar americano, este dado é mostrado e depois comparado com amostragem anterior, tanto do mês como a comparação do ano;

-Relatório da política monetária do banco da Inglaterra, Ele fornece informações valiosas sobre a visão do banco sobre as condições econômicas e a inflação – os principais fatores que moldarão o futuro da política monetária e influenciarão suas decisões sobre taxas de juros;

-Expectativa de inflação para o dólar neozelandês podem se manifestar em inflação real, principalmente porque os trabalhadores tendem a pressionar por salários mais altos quando acreditam que os preços irão subir;

Três decisões do banco central estão em andamento na próxima semana, uma delas tendo a capacidade de impactar os mercados globais e a outra sendo de maior importância para os mercados regionais, inclusive dentro de um mercado-chave para a Vantage Markets e seus clientes.

Pontos de Discussão – Dívida Pública e o FED (Dólar Americano)

Analisado por Sheila Dalmaschio, extraído do site Bloomberg

Contra o pano de fundo da crescente preocupação do mercado em relação ao status do teto da dívida dos EUA, conforme indicado pelo gráfico de capa desta semana, além dos riscos contínuos no setor bancário dos EUA, há incerteza sobre o quão restritiva a política monetária dos EUA realmente é. Podemos ouvir discussões sobre esse ponto no final da semana, enquanto a semana começa com o risco de uma política monetária chinesa mais fácil. Outros destaques desta semana se concentrarão na pausa esperada do Banxico (Banco central do México), na inflação canadense e em uma onda de relatórios macro globais, além da eleição da Turquia e do orçamento da Nova Zelândia.

A TAXA DE JUROS NATURAL DO FED

Na sexta-feira, o presidente do Federal Reserve Powell e o ex-presidente Bernanke participarão de um painel conjunto de 45 minutos intitulado ‘Perspectives on Monetary Policy’ na Thomas Laubach Research Conference realizada em homenagem às contribuições do falecido economista. Existe o leve risco de que eles abordem o tema de reavaliar ou não as estimativas da taxa natural de juros. Mesmo uma referência sutil a isso pode ser impactante para os mercados. Assim como a rejeição de qualquer sentimento desse tipo. Tenha em mente todo o histórico de reavaliações retrospectivas das taxas naturais após o fato e a alta incerteza em torno dos insumos para essas estimativas, como o crescimento potencial do PIB. Minha visão franca é que as estimativas da taxa natural tendem a ser mais sobre tentativa e erro, em vez de excesso de confiança em várias estruturas que dependem de entradas instáveis.

A taxa de juros natural pode ser considerada como a taxa de juros real (ajustada pela inflação) que existiria em uma economia em equilíbrio com a inflação na meta e, portanto, oferece uma referência para avaliar o quão restritiva a atual política monetária pode ser. Nos círculos de política monetária, o trabalho de Laubach era bem conhecido porque fez contribuições valiosas para a literatura sobre a taxa natural de juros, entre outros elogios. Pode ter sido útil ter sua perspectiva sobre se essa taxa mudou hoje e, se houver, possivelmente subiu mais do que o julgado anteriormente.

Um argumento para a possibilidade de reavaliar a taxa natural de juros é que estamos há cerca de 18 meses nos efeitos defasados ​​de quando os mercados de títulos começaram a precificar a política monetária apertada e, ainda assim, empregos, inflação central e a economia em geral permanecem resilientes e rígidos. Uma possível razão para isso é que poderia sugerir que existem diferenças neste ciclo que estão servindo para manter o ímpeto, como finanças domésticas mais fortes do que os ciclos anteriores e melhoria das cadeias de suprimentos em um ciclo de aperto. Ou pode significar que os efeitos de atraso completos ainda estão por vir, ou alguma combinação deles.

Uma possibilidade totalmente diferente é que essa resiliência recente esteja revelando que a taxa natural pode ter mudado mais alto agora e talvez mais alto do que a resposta de ações do FOMC de 2½% em termos nominais, ou 50 pontos-base em termos reais, assumindo uma taxa de meta de inflação de equilíbrio de 2%. O FOMC perseguiu estimativas da taxa de juros natural mais baixas na década anterior e, apesar da infinidade de mudanças desde então, manteve sua estimativa inalterada. O presidente Powell realmente não ofereceu uma explicação muito convincente para o porquê.

Pontos de Discussão – Banco Central do México (Moeda do México)

Espera-se que o Banco de México (Banxico) mantenha sua taxa overnight em uma taxa inalterada de 11,25% na quinta-feira (15:00 ET). Há uma minoria dentro do consenso que pensa que eles podem subir mais 25bps para os quais os mercados não estão precificados.

Fazendo uma análise sobre o cenário do México, acredito que o próximo movimento provavelmente será menor na segunda metade de 2023. Os mercados estão precificando um movimento suave nessa direção, com maior flexibilização em 2024.

O que o campo da espera tem a seu favor são os sinais nascentes de que as pressões inflacionárias estão diminuindo e não apenas no índice de preços ao consumidor global. A inflação do núcleo do CPI atingiu um pico de 8,5% a/a em novembro e a leitura de abril foi de 7,7%, com a inflação principal caindo para 6¼%. As mudanças mês a mês não ajustadas sazonalmente no núcleo do IPC mexicano foram excepcionalmente quentes no ano passado, mas até agora este ano tem tentado reverter para um padrão sazonal mais típico, especialmente na leitura de abril. Isso pode ser o suficiente para merecer uma pausa, dependendo de como o banco central vê o progresso em direção a uma inflação mais baixa e condicional ao que o Federal Reserve faz daqui para frente.

Calendário Econômico para a Semana

Vejamos quais são as principais notícias para essa semana:

– Segunda-feira-feira, 15 de maio de 2023, 09:30 – Reunião do EuroGrupo; Índice de manufatura de Empire State;

– Terça-feira, 16 de maio de 2023, 03:00 – Alteração na contagem do reclamante inglês; Reivindicação de desemprego, mudanças de emprego inglês; Indice de preço do consumidor canadense, dados dos relatórios mensais e anuais;

– Quarta-feira, 17 de maio de 2023, 06:00 – Banco central inglês, governador Bailey fala; Mudança de emprego e taxa de desemprego do dólar australiano;

– Quinta-feira, 18 de maio de 2023, 09:30 – Reivindicações de desemprego; Banco central canadense Macklen fala.

Experiência comercial Plus

Previous
Next

Abertura de conta rápida e fácil

  • Registre-se

    Escolha um tipo de conta e inscreva-se

  • deposite

    Deposite fundos na sua conta com uma ampla variedade de métodos de depósito

  • Faça trading

    Tenha acesso a mais de 1.000 instrumentos de CFD em todos os tipos de ativos no MT4/MT5.

Isso é tudo. É muito fácil abrir uma conta de trading Forex e CFD.
Bem-vindo(a) ao mundo do trading!
ABRIR CONTA REAL

Fale conosco

  • Questões gerais

    Estamos aqui para fornecer a você uma jornada de trading bem-sucedida, desde a abertura da conta até o financiamento e a negociação.

    [email protected]
  • Clientes Premium

    Se você estiver interessado em se tornar um premium para desbloquear serviços extras como, trader de alto volume ou se juntar ao Clube Vantage, envie-nos um e-mail abaixo.

    [email protected]