COMPARTILHE
essa página
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramMessenger

Bolsas paradas e preparação para 2023. Qual vai ser a atitude do Banco Central Norte-Americano.

  

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais.

E aí, amigos, como estão? Nesse estudo de hoje iremos compreender mais a fundo como podemos utilizá-las moedas no atual momento para ter melhores lucros. Lembrando que tudo aqui compõem uma avaliação especulativa que tange às possibilidades de acertos. Estejam abertos a compreender a essência do artigo.

O artigo abaixo irá apresentar as notícias que podem impactar os pares de moedas. É importante lembrar que preços de entrada e saídas são feitos pela análise gráfica, trataremos sobre nas discussões abaixo.

Finalizaremos o ano com poucas notícias sobre o mercado, última semana do ano, as temperaturas estarão bem baixas. Podemos esperar um mercado lateralizado (gráfico lateral) e baixa liquidez.

Ano de 2023 podermos esperar grandes impactos sobre a inflação e como será o comportamento dólar frente as outras moedas. Seguindo nossa estratégia, um dólar forte enfraquece as outras moedas que compõe sua paridade. Um dólar fraco, fortalece as outras moedas que compõe a sua paridade.

O ano de 2022 foi marcada pelas alterações das taxas de juros e como isso tem influência na força das moedas. A guerra da Rússia e Ucrânia marcou um novo cenário para o Euro, criando necessidades industriais.

Pontos de Discussão – USD/JPY (Dólar Americano e Yene japonês) 

Semana passada tivemos um forte impacto com a alteração das taxas de juros japonês inesperadamente. Logo na segunda, dia 26 de dezembro já foi apresentada a taxa de desemprego para o país japonês, o relatório saiu a favor da moeda com 2,5%, isso mostra que a força de trabalho está ativa, conseguindo absorver a população desempregado.

Esse relatório tende a ter um impacto discreto em relação aos dados de emprego de outros países porque a economia japonesa depende mais do setor industrial do que dos gastos pessoais, logo podemos imaginar que o IPC (índice de preço ao consumidor) virá a favor da moeda. Podemos ver isso na notícia que saiu na terça, dia 27/12 com o dado de 2,9%, esses dados representam a maior parte da inflação geral. A inflação é importante para a valorização da moeda porque o aumento dos preços leva o banco central a aumentar as taxas de juros em respeito ao seu mandato de contenção da inflação.

Os preços dos alimentos e da energia representam cerca de um quarto do IPC, mas tendem a ser muito voláteis e distorcem a tendência subjacente. O BOJ geralmente presta mais atenção aos dados do Core – assim como os traders. 

Vamos falar das bolsas.

Os mercados na Ásia-Pacífico fecharam em baixa nesta terça-feira, enquanto o Banco do Japão manteve estáveis ​​suas taxas de juros de referência ultrabaixas, mas modificou sua faixa de tolerância de controle da curva de rendimentos.

O Nikkei do Japão caiu 2,46%, para 26.568,03 pontos, liderando as perdas na região. O Banco do Japão manteve suas taxas de juros de referência estáveis ​​e pegou os mercados desprevenidos ao ajustar sua política de controle da curva de rendimento para permitir que o rendimento do JGB de 10 anos se movesse 50 pontos-base para cada lado tendo como referência a sua meta de 0%. Em sua declaração, o BoJ (Banco Central japonês) disse que a medida visa “melhorar o funcionamento do mercado e encorajar uma formação mais suave de toda a curva de rendimentos, mantendo ao mesmo tempo condições financeiras acomodatícias”.

O banco central também promoverá compra de 600 bilhões de ienes em títulos do governo japonês com prazo de vencimento de um a três anos. Anteriormente, o BoJ havia dito que aumentaria suas compras de JGBs para cerca de 9 trilhões de ienes por mês de janeiro a março, acima dos 7,3 trilhões de ienes planejados anteriormente.

O rendimento do JGB de 10 anos subiu 20,5 pontos-base, para 0,455%, marcando o nível mais alto desde 2015 e o iene japonês fortaleceu mais de 3% em relação ao dólar americano, negociando a 132,56, seus níveis mais fortes em mais de três meses.

Gráfico Elaborado por Sheila Dalmaschio, extraído do TradingView

O gráfico mensal acima nos informa que a decisão da alteração da taxa de juros japonês levou o valor da bolsa para baixo, chegando a 26.350 pontos. O preço do qual ele poderá fechar o mês de dezembro é uma região de suporte, logo respeitando a tendência de baixa que está sendo formada é importante esperar o rompimento da região de suporte, ou seja, o índice da moeda japonesa poderá cair mais, gerando desvalor para bolsa.

Essa fase é importante para a reorganização monetária do país.

Pontos de Discussão – EUR/USD (Euro e Dólar Americano)

Iniciaremos nosso discursão falando do gráfico do eurusd. Abaixo vocês perceberão algo muito importante dentro da análise gráfica.

A linha de tendência de baixa que é mostrada neste gráfico vem desde 2008 e seu último toque foi em maio de 2021, logo toda essa movimentação de baixa até o preço dos 0.95656 precisa agora de um respiro, portanto, essa retração da qual vocês visualização está ligada a todas as decisões monetárias do dólar e a atitude mais agressiva do banco central europeu. Ocorre que essa retração já está próxima a região de 50%, indicada pelo retângulo. A linha lilás representa um possível ponto de parada do preço, onde ele pode retornar também.

Gráfico Elaborado por Sheila Dalmaschio, extraído do TradingView

É claro que para pegar o movimento de continuação de baixa devemos aguardar confirmações e padrões de comportamento do preço nesta região. Vale lembrar que neste período de festas e comemorações a liquidez diminui.

Agora vamos a análise fundamentalista.

O índice DXY, que mede o dólar ante uma cesta de moedas fortes, caiu nesta terça-feira, 27, em meio ao menor apetite por ativos seguros em um dia de agenda esvaziada. O foco esteve no otimismo gerado pela intensificação da reabertura da China, apesar de a nevasca recente nos Estados Unidos gerar preocupações quanto aos possíveis impactos na maior economia do mundo.

Após a China detalhar o afrouxamento de regras relacionadas à pandemia de covid-19 ontem, a Administração Nacional de Imigração do país asiático anunciou hoje que voltará a emitir passaportes para os cidadãos do país que viajem ao exterior para turismo ou visitar amigos e familiares, além de retomar certos vistos de trânsito para passageiros internacionais.

“A China está na frente e no centro dos mercados no momento”, disse Hani Redha, gerente de portfólio da PineBridge Investments. “Sem isso, estava bem claro para nós que teríamos uma recessão global bastante ampla. Agora, com a China se movendo na direção oposta, você pode atenuar isso”, acrescenta.

Nos EUA, o Estado de Nova York entrou em estado de emergência devido à tempestade de inverno. Para analistas, o Produto Interno Bruto (PIB) do país no quarto trimestre deve ser impactado, mas não de forma robusta. O Goldman Sachs (NYSE) projeta que, em 2023, os EUA evitarão uma recessão e, em vez disso, continuarão progredindo em direção a um pouso suave.

“Esperamos que o FOMC entregue aumentos de taxa de 25 pontos-base em fevereiro, março e maio e, em seguida, mantenha a taxa em 5-5,25% pelo resto de 2023. Estamos céticos de que o FOMC cortará a taxa de fundos até que a economia esteja ameaçando entrar em recessão, e não esperamos que isso aconteça no próximo ano”.

Calendário Econômico para a Semana

Por ser o final do ano e muitas comemorações ocorrerem, teremos uma semana bem calma. Veja:

– Terça-Feira, 26 de Dezembro de 2022, 20:30 – Taxa de Desemprego Japonês.

– Quarta-Feira, 27 de Dezembro de 2022, 02:00 – Índice de Preço ao Consumidor Japonês.

– Quinta-Feira, 29 de Dezembro de 2022, 10:00 – Núcleo PCE índice de preços dos EUA.

Credit: Sheila Dalmaschio

Experiência comercial Plus

Previous
Next

Abertura de conta rápida e fácil

  • Registre-se

    Escolha um tipo de conta e inscreva-se

  • deposite

    Deposite fundos na sua conta com uma ampla variedade de métodos de depósito

  • Faça trading

    Tenha acesso a mais de 1.000 instrumentos de CFD em todos os tipos de ativos no MT4/MT5.

Isso é tudo. É muito fácil abrir uma conta de trading Forex e CFD.
Bem-vindo(a) ao mundo do trading!
ABRIR CONTA REAL

Fale conosco

  • Questões gerais

    Estamos aqui para fornecer a você uma jornada de trading bem-sucedida, desde a abertura da conta até o financiamento e a negociação.

    [email protected]
  • Clientes Premium

    Se você estiver interessado em se tornar um premium para desbloquear serviços extras como, trader de alto volume ou se juntar ao Clube Vantage, envie-nos um e-mail abaixo.

    [email protected]