COMPARTILHE
essa página
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramMessenger

Dólar Fraco, Indicado pelo Índice, Tem Tudo pra Derrubar o USDCAD

  

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

Fala traders. Estamos começando mais uma semana, com o dólar dando indício de queda. Na verdade, o dólar já vem desvalorizando nos últimos meses, mas parece que agora ele quer fazer movimentos mais fortes e mais agudos. Nesse contexto, ativos com o USD estão na mira, e hoje além de um par do Forex, trago também uma análise do índice americano, que pode ajudar na visualização do cenário de forma mais ampla. Afinal, há uma correlação muito alinhada, e diversas vezes até sincronizada entre os ativos com o USD e o seu índice. Bora lá?

Pontos de Discussão – USDCAD

Após a fraqueza do dólar na última semana, especialmente em pares como USDCHF e USDJPY, o dólar canadense também não ficou para trás, mostrando que está batendo no dólar tão bem quanto o franco e o iene. Porém o franco e o iene já estão um pouco “esticados”, especialmente o JPY. Mas o CAD não. Ou seja, o CAD ainda está bem para uma impulsão valorizando a moeda, e consequentemente derrubando o USDCAD a patamares bem visíveis nas imagens mais abaixo. No gráfico Diário tivemos a formação de um belo canal de queda, e o preço testou novamente a linha superior da formação, iniciando movimento de baixa com um candle de queda interessante. A partir daí, sendo negociado abaixo de 1.35000, ele passou a titubear um pouco. Esse é o cenário mais tranquilo e favorável para os profissionais encontrarem seus padrões, pois o preço mostrou que quer cair, e agora parece “esperar” os últimos entrarem a bordo antes da provável derrocada de investidores do USD, levando o preço para baixo fortemente.

Tirando um pouco o zoom, vemos que uma queda do preço tem tudo para testar novamente a LTA muito bem definida, e já com 2 toques. Repare como o encontro do preço com a LTA também coincide com o teste do nível que tinha sido resistência, e agora quer se tornar suporte.

Por fim, para operações de curto prazo, estou de olho no gráfico de 1 hora. Há uma zona acima de um possível canal de baixa em formação, que também foi uma resistência intradia, e onde temos o número redondo de 1.35000. Ou seja, ali é um ponto forte de confluência para entrada de oferta de USD diante do CAD. Sendo assim, é nessa zona de interesse que os traders mais atentos estarão procurando oportunidades de entrada de venda, para buscar alvos como 1.34000, ou alguns pips acima, isso para o curtíssimo prazo, ou ainda a cotação de 1.33200 para o curto prazo.

USDCAD – Gráfico Diário

USDCAD – Gráfico Diário

USDCAD – Gráfico de 1 Hora

Pontos de Discussão – USDX (Índice do Dólar)

Como mostrou nos últimos dias, o dólar perdeu força também em seu índice, e assim isso nos mostra uma tendência de o USD desvalorizar, pois a estrutura do ativo é claramente de queda, com topos e fundos cada vez mais baixos. Assim, quem opera esse índice pode ficar ligado a alguns níveis de resistência, pois oportunidades de venda por várias estratégias tendem a aparecer por ali. Vamos mapear nesse artigo essas cotações e zonas mais interessantes. Antes disso, repare nas imagens mais abaixo, gráfico Diário, como o USDX (código do índice no Metatrader da Vantage Markets) está bem abaixo de 107.600, e também abaixo das médias de 8 e 21 exponenciais. Veja também como essas EMAs estão alinhadas e apontando para baixo, sugerindo forte momento de queda. Mas também perceba como o preço está muito próximo de 103.500, suporte alvo interessante para vendas. Dessa forma, no ponto em que está, podemos aguardar duas situações e suas consequências esperadas:

1 – O preço retrair indo buscar a zona entre 106.000 e 107.000, que coincide com a região entre as médias de 8 e 21 exponenciais e a linha superior do canal de queda bem visto em H1. Ali, padrões de entrada de oferta estariam plenamente alinhados à tendência de baixa, além de serem altamente prováveis de funcionarem devido ao momento de fraqueza do dólar; Nessa circunstância, os que ainda não entraram e os que já estão vendidos, em caso de saída prematura, poderiam aguardar um novo sinal de venda;

2 – Queda direto do preço para o nível de 103.500 ou até mesmo 101.300 (esse último menos provável de cair tão rapidamente), antes de uma retração mais significativa. Nesse caso, aqui se beneficiariam quem já está vendido, e quem ainda não estiver, permaneceria aguardando um melhor momento, isto é, uma correção do preço para cima, para melhor região de venda, com relação Risco/Retorno mais adequada.

No gráfico de 1 hora mais abaixo está marcado o alvo de curtíssimo prazo em 105.200, que obviamente só entra no radar caso o preço passe acima dele. Ali também você pode verificar a região de briga, onde o preço pode sacudir um pouco, e o melhor ponto para posicionamento de stop loss, evitando a maioria das violinadas.

USDX – Gráfico Diário

USDX – Gráfico Semanal

USDX – Gráfico de 1 Hora

Credits: Enéias Nascimento

Experiência comercial Plus

Previous
Next

Abertura de conta rápida e fácil

  • Registre-se

    Escolha um tipo de conta e inscreva-se

  • deposite

    Deposite fundos na sua conta com uma ampla variedade de métodos de depósito

  • Faça trading

    Tenha acesso a mais de 1.000 instrumentos de CFD em todos os tipos de ativos no MT4/MT5.

Isso é tudo. É muito fácil abrir uma conta de trading Forex e CFD.
Bem-vindo(a) ao mundo do trading!
ABRIR CONTA REAL

Fale conosco

  • Questões gerais

    Estamos aqui para fornecer a você uma jornada de trading bem-sucedida, desde a abertura da conta até o financiamento e a negociação.

    [email protected]
  • Clientes Premium

    Se você estiver interessado em se tornar um premium para desbloquear serviços extras como, trader de alto volume ou se juntar ao Clube Vantage, envie-nos um e-mail abaixo.

    [email protected]