COMPARTILHE
essa página
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramMessenger

Eleições e IPC na mesma semana, como o dólar reagirá?

  

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

E aí, amigos, como estão? Nesse estudo de hoje iremos compreender mais a fundo como podemos utilizar o Dólar no atual momento para ter melhores lucros. Lembrando que tudo aqui compõem uma avaliação especulativa que tange às possibilidades de acertos. Estejam abertos a compreender a essência do artigo.

O artigo abaixo irá apresentar as notícias que podem impactar os pares de moedas. É importante lembrar que preços de entrada e saídas são feitos pela análise gráfica, trataremos sobre nas discussões abaixo.

Pontos de Discussão – DXY (Cesta de moeda do Dólar)

Na semana passada falamos sobre o desempenho do dólar atrelado às decisões do Banco Central japonês, no entanto essa semana teremos eleições e dois relatórios importantes: o índice de preço do consumidor e o sentimento preliminar do consumidor. O tom que ficará essa semana é de força para outras moedas diante da reação do mercado contra o dólar.

O dólar operava em alta nesta terça-feira, devido à incerteza com as “midterms”, eleições de meio de mandato nos EUA que podem mudar o clima político no país.

O que é Midterms?

Eleições de meio de mandato ou eleições intercalares são, nos Estados Unidos, as eleições realizadas dois anos após cada eleição presidencial, ou seja, praticamente na metade do mandato do Presidente dos Estados Unidos.

As atenções dos operadores nesta terça-feira estão voltadas ao início das “midterms” nos EUA. A expectativa é que os Republicanos assumam o controle da Câmara dos Representantes, o que pode gerar obstáculos para a agenda legislativa do presidente Joe Biden.

Há ainda preocupações de que um resultado conclusivo do pleito demore vários dias para ser reconhecido oficialmente, esquentando ainda mais o clima político no país.

Além disso, “o foco direcionado a questões internacionais, como o comércio, diante da divisão entre o Congresso e o presidente Biden, pode acabar beneficiando o dólar em certa medida”, disseram os analistas.

“A posição do governo Biden em relação ao comércio com a China não se mostrou tão flexível quanto muitos esperavam em 2020, e o recente aperto das restrições no setor de semicondutores pode abrir caminho para uma trajetória comercial mais estreita em 2024.”

Ainda assim, o resultado pode ser positivo para o dólar, caso isso leve a um estímulo fiscal menor.

O Brow Brothers Harriman destaca que a reavaliação contínua do caminho de aperto do Federal Reserve (Fed) provavelmente ajudará o dólar a se recuperar após a correção recente. Porém, muito dependerá do Fed e de como os dados dos EUA chegam, mas até agora, os sinais ainda permanecem positivos para o dólar.

Esperar uma revalorização do dólar no curto prazo, “embora haja dois grandes eventos de risco a serem observados esta semana nos EUA: o relatório do CPI e as eleições de meio de mandato” .A maior parte do foco estará na variação mensal do núcleo do CPI, que esperamos chegar a 0,5%, em linha com o consenso. Isso indicaria maior resiliência nas pressões de preços subjacentes e pode impedir que os mercados descartem completamente outra alta de 75 pontos-base em dezembro, oferecendo um piso ao dólar”, diz o banco.

Já com relação às eleições, destaco que o maior risco negativo para o dólar é que os republicanos assegurem o controle da Câmara e do Senado, o que implicaria em um governo paralisado incapaz de fornecer apoio fiscal em uma recessão. “Um Congresso dividido pode ser majoritariamente precificado, e as implicações para o dólar podem ser relativamente limitadas”, completa.

Pontos de Discussão – EUR/ USD (Dólar vs Dólar Americano)

Com o cenário que acabamos de ver acima, mostra uma possibilidade de indecisão no mercado ou de grande explosão derrubando as moedas como base para baixo e as moedas como cotação para cima, frente a um cenário “enfraquecimento temporário” do dólar, outros pares poderão reagir.

O Fed disse em seu comunicado que “levará em consideração o aperto cumulativo da política monetária, os atrasos com que a política monetária afeta a atividade econômica e a inflação”.

Isso foi interpretado como um sinal claro de que o Fed estava se preparando para desacelerar os aumentos das taxas, o que fez com que o dólar americano caísse, elevando o EUR/USD mecanicamente.

No entanto, o par de moedas reverteu seus ganhos e mais durante a coletiva de imprensa de Powell. De fato, o chefe do Fed repetiu que a inflação está muito alta, enfatizando que a estabilidade de preços é essencial para a economia dos EUA e afirmando que o Fed continuará no caminho atual “até que o trabalho seja feito”.

Mas, sobretudo, ele afirmou expressamente que os dados sugerem que o patamar final da taxa será maior do que o previsto anteriormente. Na opinião de vários especialistas do Fed, isso coloca em cima da mesa uma taxa final potencialmente superior a 5%, e foi justamente isso que fez o dólar subir e o EUR/USD cair.

Adiante do gráfico abaixo veremos a reação do EURO frente ao Dólar. O canal de baixa que estávamos acompanhando no início desde mês foi rompida e “retestada” podendo fazer uma retração em cima deste movimento de baixa que vem desde fevereiro se sustentando.

Gráficos elaborados por Sheila Dalmaschio, criado com Trading View.

Calendário Econômico para a Semana

Essa semana teremos uma semana com mais tranquilidade frente às moedas mencionadas acima, porém ainda temos que estar vigilantes ao gerenciamento das nossas ordens de mercado. Vejamos:

– Terça-Feira, 08 de Novembro de 2022, o dia todo – Eleições do Congresso EUA

– Quinta-Feira, 10 de Novembro de 2022, às 10:30, horário de Brasília – índice de preço ao consumidor, IPC – EUA.

– Sexta-Feira, 11 de Novembro de 2022, às 12:00, horário de Brasília – Sentimento Preliminar do Consumidor EUA.

Credit: Sheila Dalmaschio

Experiência comercial Plus

Previous
Next

Abertura de conta rápida e fácil

  • Registre-se

    Escolha um tipo de conta e inscreva-se

  • deposite

    Deposite fundos na sua conta com uma ampla variedade de métodos de depósito

  • Faça trading

    Tenha acesso a mais de 1.000 instrumentos de CFD em todos os tipos de ativos no MT4/MT5.

Isso é tudo. É muito fácil abrir uma conta de trading Forex e CFD.
Bem-vindo(a) ao mundo do trading!
ABRIR CONTA REAL

Fale conosco

  • Questões gerais

    Estamos aqui para fornecer a você uma jornada de trading bem-sucedida, desde a abertura da conta até o financiamento e a negociação.

    [email protected]
  • Clientes Premium

    Se você estiver interessado em se tornar um premium para desbloquear serviços extras como, trader de alto volume ou se juntar ao Clube Vantage, envie-nos um e-mail abaixo.

    [email protected]