COMPARTILHE
essa página
FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramMessenger

Os Bancos centrais Europeus e Norte Americanos estão fazendo boas decisões monetárias?

  

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

E aí, amigos, como estão? Nesse estudo de hoje iremos compreender mais a fundo como podemos utilizar o Dólar no atual momento para ter melhores lucros. Lembrando que tudo aqui compõem uma avaliação especulativa que tange às possibilidades de acertos. Estejam abertos a compreender a essência do artigo.

Os artigos abaixo irei apresentar as notícias que podem impactar os pares de moedas. É importante lembrar que preços de entrada e saídas são feitos pela análise gráfica, trataremos sobre nas discussões abaixo.

Pontos de Discussão – DXY (Cesta de moeda do Dólar)

A divulgação dos números da inflação dos EUA de setembro foi, sem dúvida, o evento econômico mais importante do último trimestre, e o que mais influenciará as expectativas para a próxima reunião do Federal Reserve (Fed) em 2 de novembro.

Para esta segunda estimativa do IPC (Índice de preço do consumidor) dos EUA para o mês de setembro, o consenso dos economistas prevê uma inflação ao consumidor anual em 8,1%, contra 8,3% anteriormente e um inflação mensal em 0,2%, contra 0,1% anteriormente. O núcleo da inflação mensal é esperado em 0,5%, após 0,6% anteriormente.

Tabela elaborada por Sheila Dalmaschio, criado com Investing.

Números acima dessa previsão reforçariam ainda mais as expectativas de outro aumento de 0,75 ponto percentual na taxa de juros para a próxima reunião do Fed, embora o mercado já esteja precificando uma chance de mais de 80% de que isso aconteça, de acordo com o Monitor da Taxa de Juros do Fed do Investing.com. Veja abaixo:

Tabela elaborada por Sheila Dalmaschio, criado com Investing.

Mohamed El-Erian, principal consultor econômico da seguradora Allianz, compartilhou sua previsão para a inflação ao consumidor dos EUA no domingo no programa “Face The Nation” da CBS) Ele disse esperar que a inflação “provavelmente caia para cerca de 8%”, mas acrescentou que o núcleo da inflação “continue a subir”.

O núcleo da inflação mede o nível de preço excluindo os preços voláteis de energia e de alimentos. De acordo com El-Erian, um aumento no núcleo da inflação significa que “ainda temos um problema de inflação”.

No entanto, mesmo que o núcleo da inflação ainda esteja em alta, El-Erian disse que eventualmente cairá, observando que “a questão é se esse declínio é acompanhado por uma desaceleração da economia ou por uma ‘grande recessão’.

O economista destacou ainda os 2 grandes erros que o Fed cometeu nos últimos meses, segundo ele, nomeadamente considerar erroneamente a inflação como transitória, e não ter “agido de forma significativa” depois de perceber que a inflação era duradoura.

O Federal Reserve informou ainda que, elevará os juros um pouco acima de 4,5% e os manterá nesse patamar por algum tempo, a fim de reduzir a inflação, alertou um alto dirigente do banco central americano dia 10.10.22.

“Considero que os fundos federais (taxa básica) ficarão acima de 4,5% no início do ano que vem e continuarão nesse patamar por algum tempo, enquanto avaliamos como os ajustes da nossa política estão afetando a economia”, declarou Charles Evans, presidente do Fed de Chicago, em um discurso, cuja versão em texto foi divulgada na internet.

Evans disse que isso representaria uma taxa real – isto é, ajustada pela inflação – em torno de 2% em comparação com as expectativas de inflação, o que resultaria em um significativo freio na economia.

Ele defendeu a sucessão de aumentos de juros implementada pelo Fed nos últimos meses, a qual, segundo ele, foi necessário para que os juros reais saíssem do território negativo, no momento em que a inflação se encontra em seu nível mais alto em 40 anos.

No gráfico abaixo podemos a continuação de alta que o dólar vem acontecendo desde as últimas semanas. O pico de preço pode acontecer até os 120.506 que talvez seja o momento do resultado da inflação do dólar.

Gráficos elaborados por Sheila Dalmaschio, criado com Trading View.

Pontos de Discussão – EURO ( Moeda do Reuno Unido)

  • Inflação na zona do euro e na Alemanha atinge dois dígitos;
  • Estagflação e crise energética representam um grande risco para a economia da zona do euro;

O euro deve interromper seu período de alívio ou até mesmo reverter sua impressionante recuperação de dois dias contra o dólar, enquanto testava uma importante zona de resistência no momento em que escrevo. Os operadores estavam avaliando a repercussão que os números de inflação de dois dígitos na Alemanha e na zona do euro poderiam ter nas ações do Banco Central Europeu.

Os investidores tampouco demonstram muito entusiasmo em vender o dólar agressivamente, diante do tom duro empregado pelo Fed. O núcleo da inflação medida pelo gasto com consumo pessoal também está subindo, o que pode gerar bruscos movimentos no dólar.

Agora, com o IPC na Alemanha e na zona do euro saltando para 10% em bases anuais, seria de se esperar que o BCE intensifique ainda mais suas elevações de juros a partir de agora, o que, em teoria, seria positivo para o euro. Mas, como a crise energética continua sendo uma grande fonte de preocupação, ao lado da profundo estagflação na zona do euro, é preciso considerar o perigo de o BCE exacerbar sua reação com um ciclo de alta de juros muito agressivo. Vejamos as possibilidades da ação do preço de acordo com a análise no gráfico abaixo:

Gráficos elaborados por Sheila Dalmaschio, criado com Trading View.

De acordo com o gráfico é notório a continuação de baixa desse canal desde fevereiro, com todos esses impactos diante do Euro o dólar ainda está levando vantagem. Entretanto, a paridade eur/usd está próximo a uma região de suporte dos 0.95000 e o rompimento dessa região mostrar ainda mais força do Dólar frente ao Euro.

Ainda assim, a instituição não pode se dar ao luxo de ficar de braços cruzados. A inflação deve vir para baixo, e rápido. O que o banco não quer é repetir o que aconteceu no Reino Unido, onde houve uma disparada nos custos do crédito e uma forte desvalorização da libra esterlina. Qualquer fraqueza adicional no euro se traduzirá em uma inflação ainda mais importada, ceteris paribus. O BCE pode ter que intervir, a exemplo do Banco da Inglaterra, comprando títulos de longo prazo, ou como o governo japonês, que tentou alçar sua moeda vendendo parte das suas reservas de dólares.

Calendário Econômico para a Semana

Essa semana teremos uma semana com mais tranquilidade frente as moedas mencionadas acima, porém ainda temos que estar vigilantes ao gerenciamento das nossas ordens de mercado. Vejamos:

– Quarta-Feira, 12 de Outubro de 2022, às 08:30, horário de Brasília – Índice de Preços ao Produtor;

– Quarta-Feira, 12 de Outubro de 2022, às 14:00, horário de Brasília – Comitê Federal de Mercado Aberto;

– Quarta-Feira, 12 de Outubro de 2022, às 02:00, Horários de Brasília – Produto Interno Bruto;

Credit: Sheila Dalmaschio

Experiência comercial Plus

Previous
Next

Abertura de conta rápida e fácil

  • Registre-se

    Escolha um tipo de conta e inscreva-se

  • deposite

    Deposite fundos na sua conta com uma ampla variedade de métodos de depósito

  • Faça trading

    Tenha acesso a mais de 1.000 instrumentos de CFD em todos os tipos de ativos no MT4/MT5.

Isso é tudo. É muito fácil abrir uma conta de trading Forex e CFD.
Bem-vindo(a) ao mundo do trading!
ABRIR CONTA REAL

Fale conosco

  • Questões gerais

    Estamos aqui para fornecer a você uma jornada de trading bem-sucedida, desde a abertura da conta até o financiamento e a negociação.

    [email protected]
  • Clientes Premium

    Se você estiver interessado em se tornar um premium para desbloquear serviços extras como, trader de alto volume ou se juntar ao Clube Vantage, envie-nos um e-mail abaixo.

    [email protected]